Postagem Recente

PF 2016

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Mais de 30 concursos em 2016 oferecem 10,1 mil vagas


Mais de 30 concursos oferecem 10,1 mil vagas


Salários chegam a R$ 17 mil.

Publicado em: 22/02/2016 11:35 Atualizado em:

As portas para a estabilidade no emprego continuam abertas, apesar dos sucessivos anúncios governo de que os concursos públicos estão sujeitos aos cortes de gastos. Estão em andamento, em todo o país, pelo menos 31certames, com 10.138 vagas e salários de até R$ 17mil. Em 11 deles, com 2.433 oportunidades, as inscrições se encerram nesta semana. Os concurseiros não devem, portanto, se intimidar, sobretudo se a intenção for a de participar de uma das mais aguardadas seleções, para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Hoje é o último dia para garantir a chance para cargos de níveis médio e superior, com remunerações mensais entre R$ 4,8 mil e R$ 7,4 mil.


“Vários concursos foram autorizados pelo Ministério do Planejamento antes do anúncio do corte de gastos e estão em andamento. Há oportunidades nas administrações estaduais e municipais, que também chamam a atenção dos estudantes. Um ansiosamente esperado, pois já foi aprovado pela Câmara Legislativa, é para agente administrativo da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), que não acontece há mais de 20 anos”, diz Mariano Borges, professor de direito administrativo do Instituto de Capacitação Avançada (ICA). Segundo ele, é uma excelente oportunidade para quem tem nível médio. Os salários previstos para o certame são de até R$ 3,5 mil.

Para o Corpo de Bombeiros, o concurso, autorizado em abril de 2014, também aguarda definição da banca examinadora. A previsão era de 820 vagas para soldados, 44 para oficiais e 115 para oficiais combatentes do corpo militar nas áreas complementares e de saúde. Todas as opções são para nível superior. O salário pode chegar a R$ 4,4 mil. “Com o aumento do desemprego, a demanda por concursos aumenta muito. Vivo sempre batendo na mesma tecla: não espere a publicação do edital. Comece a estudar já”, assinala Borges.

0 comentários:

Postar um comentário